Buscar
  • Ábaco

Valuation: o que é e como calcular o valor de uma empresa


Introdução


Em algum momento da atividade empresarial, o dono ou sócios se deparam com a necessidade de incluir outro sócio, vender cotas do seu negócio ou aportes de investimentos provenientes de terceiros. Para isso, deve-se saber o valor do seu negócio.


Este artigo discursa sobre o que significa valuation, quais são seus tipos, suas formas de cálculo e a sua importância.


O que é valuation?


Valuation é um termo em inglês que significa avaliação de empresas. Além disso, de acordo com Palepu, Healy e Bernard (2004), valuation é o processo de conversão de uma projeção em uma estimativa do valor de uma empresa ou de alguma parte da empresa. Em outras palavras, é um campo de estudo que tem esse mesmo objetivo, ou seja, mensurar o valor da empresa. Há várias técnicas para encontrar esse valor, as quais são mencionadas abaixo.


Quais são os tipos de valuation?


Fluxo de caixa descontado (FCD): Esse método parte da geração de renda de uma empresa por suas atividades operacionais. Esse montante é projetado, baseado em uma taxa e por sua vez, descontado, isso vem a ser o ajuste do dinheiro no tempo.


Múltiplos de mercado: Analisa-se um índice de extraído dos demonstrativos contábeis, como faturamento ou receita e compara com outras empresas do mesmo setor.


Valuation de liquidação: A liquidação dos bens por meio de uma análise a preço justo. Geralmente essa fórmula de cálculo é utilizada quando a empresa está sofrendo descontinuidade, ou seja, em processo de fechamento.


A seguir é mostrado como se calcula o valuation por meio dos métodos citados.


Valuation pelo fluxo de caixa descontado


Dentre os métodos comumente aplicados quando o assunto é calcular o valuation, o fluxo de caixa descontado é o mais utilizado devido a maior exatidão que ele proporciona em seu resultado quando comparado a outros métodos.


A princípio, para calcular o fluxo de caixa descontado é necessário calcular e analisar o fluxo de caixa de anos anteriores, abrangendo o máximo de anos possíveis e avaliando fatores como receitas, despesas e custos. A seguir é preciso projetar o fluxo de caixa futuro com base nos dados obtidos na análise anteriormente feita e, após, deve-se determinar a taxa de desconto e dividir a projeção de cada ano por ela para, assim, trazer o fluxo de caixa a valor presente. Por fim, a soma do valor presente de cada ano resultará no valor de sua empresa pelo FCD.


Suponha que uma empresa, após calcular e analisar o fluxo de caixa de outros anos, tenha a seguinte projeção de lucros para os próximos 3 anos:


Ano 1: R$ 25.000,00

Ano 2: R$ 27.500,00

Ano 3: R$ 30.250,00


Imagine que a taxa de desconto seja de 12%. Calculando o FCD, temos:


Ano 1: R$ 25.000,00/(1,12) = R$ 22.321,43

Ano 2: R$ 27.500,00/(1,12)² = R$ 21.922,83

Ano 3: R$ 30.250,00/(1,12)³ = R$ 21.531,35


Nesse caso, o valor da empresa pelo fluxo de caixa descontado é igual a somatória dos anos projetados, ou seja, R$ 65.775,61.


Apesar de ser o método mais preciso, o mais recomendável é calcular o valuation por pelo menos duas metodologias, para assim se aproximar ainda mais do valor real de sua empresa.


Valuation pelos múltiplos descontados


Para se obter o resultado por meio desse método, usa-se diversos índices, denominados múltiplos, os quais são calculados a partir dos valores contábeis e valores justos da empresa. Esses valores justos são montantes baseados na quantidade de ações da empresa e seus valores. Alguns dos dos múltiplos são:


Múltiplo P/L: Preço da ação / Lucro por ação

Demonstra o quanto que os investidores estão dispostos a pagar por cada unidade de lucro que a empresa gera.


Múltiplo EV/EBITDA: Valor da empresa / Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização


O valor da empresa é calculado por meio do valor das ações multiplicado por sua quantidade, mais o valor das dívidas e subtraindo as disponibilidades - caixa e equivalentes de caixa - da empresa. Já o EBITDA é o Lucro Líquido mais Juros, Impostos, Depreciação e Amortização. Esse índice retorna como informação o quanto a empresa vale em relação ao seu fluxo de caixa.


Valuation de liquidação


Esse método também é conhecido como valor patrimonial líquido. Sua forma de cálculo é somando os ativos circulantes e não-circulantes da empresa e subtraindo seus passivos, também circulante e não-circulante.


Para melhor compreensão sobre o assunto, alguns termos serão detalhados.


Ativo: É um bem ou direito que a empresa possui, com o qual espera obter benefício futuro.


Passivo: É uma obrigação ou um dever que a empresa possui com terceiros.


Circulante: O que se materializa em um período de 12 meses, ou seja, bem ou obrigação que torna-se dinheiro nesse período.


Não-circulante : Direitos ou deveres que se realizaram em um intervalo maior do que 12 meses.


A importância do valuation


Valuation não é só uma ferramenta de auxílio para negociações justas, mas também permite uma análise do comportamento histórico da empresa e projeção de possíveis cenários que, somados, auxiliam na gestão de seu negócio. Uma boa análise possibilita que estratégias eficientes sejam traçadas, melhorando os resultados e colaborando até mesmo para o impulsionamento do valor da empresa.


Além disso, essa ferramenta é fundamental para caso uma empresa deseje abrir seu capital, realizar processo de fusão ou realizar investimentos pois, sabendo o valor real de sua empresa, torna-se mais simples a realização de bons negócios.


Conclusão


O valuation é uma área muito rica e vasta, é necessária que o empreendedor de hoje a conheça, pois possui muitas vantagens para a sua empresa. Não é algo tão simples, mas vale a pena conhecer mais sobre o assunto. Além disso, conhecer sobre as técnicas também ajuda ao investidor saber se está entrando em um bom negócio ou não.


Gostou do artigo ? Ficou interessado para saber mais detalhes sobre valuation, seus tipos e qual seria mais adequado para seu caso? Então entre em contato conosco. Veja também nosso post sobre problemas que impedem o crescimento da sua empresa.


Texto escrito por Felipe Alves e Vitória Paiva.

748 visualizações