Buscar

Escalabilidade: como ter um negócio escalável?



Introdução

É inegável que para uma empresa alcançar um bom desempenho é essencial que ela consiga aprimorar seu potencial de escalabilidade. Mas, você sabe o que isso significa?

O termo escalabilidade está cada vez mais em vigor no mundo empresarial, pois ele mostra o potencial de crescimento de um negócio, por isso é muito importante que você esteja por dentro desta definição para que não seja deixado para trás pela concorrência.

Para explicar o conceito de escalabilidade e maneiras de implementá-la em seu negócio apresentaremos, neste post, diversas formas para tornar seu negócio escalável de forma que o faturamento de sua empresa possa crescer em proporção maior que os seus gastos.

O que é escalabilidade?

A escalabilidade é a capacidade que uma empresa ou sistema possui de aumentar suas atividades de produção sem ter que aumentar proporcionalmente os custos para tal, ou seja, conseguir operar em capacidade ociosa aumentando seu faturamento sem precisar aumentar os custos para isso.

Além disso, a escalabilidade também pode ser vista como um indicador que mostra o potencial de crescimento de um negócio.

Características de um negócio escalável:

Para que um negócio possa ser considerado escalável ele deve apresentar três características:

  1. Ser ensinável: O empresário deve ser capaz ensinar os processos de produção para qualquer membro de sua equipe para que assim sua expansão possa ser viável.

  2. Ser valioso: Deve haver a especialização da produção de bens e serviços que são disponibilizados pela empresa para que haja um diferencial em relação a concorrência.

  3. Ser replicável: O produto ou serviço deve ser facilmente replicável para que sua receita seja recorrente.

Exemplos de negócios escaláveis

Como dito anteriormente, negócios escaláveis são aqueles em que o profissional não precisa aumentar muito seus gastos para que consiga aumentar seu faturamento, como é o caso de músicos, escritores e e-commerce.

Um exemplo claro desses negócios são os serviços de streaming, onde o empresário precisa apenas comprar os direitos de exibição de séries e filmes para disponibilizá-los em seu site, cobrando uma pequena quantia para todos os assinantes deste serviço, pois, dessa forma, quanto maior for o número de usuários maior será seu faturamento sem que os custos aumentam na mesma medida, já que não será necessário gastar com maiores despesas para isso.

Já os negócios não escaláveis são aqueles onde o profissional ganha por serviço ou venda, ou seja, para que seu faturamento aumente ele deve trabalhar proporcionalmente para isso, como é o caso de vendedores, dermatologistas e motoristas de aplicativo. Para aumentar a capacidade produtiva desses negócios, seria necessário gasto com custos adicionais, como o aumento do uso de gasolina para motoristas de aplicativos.

A importância da Escalabilidade

A escalabilidade é um dos indicadores mais observados por investidores, pois ele demonstra o grau de crescimento que um negócio possui. Logo, quanto mais escalável for o seu negócio, mais investimentos ele poderá atrair.

Esse é um dos principais motivos que torna a escalabilidade tão vantajosa no mundo empresarial, mas, além disso, existem diversos outros fatores que demonstram como é importante aplicar este conceito em seu negócio, como por exemplo:

  • Menor probabilidade de estagnação: As empresas que ficam estagnadas e não aderem às novas tendências de mercado acabam se desestruturando e perdendo seu lugar. Assim, é aconselhável que através da escalabilidade a entidade possa evoluir incorporando novas tecnologias, para que assim continue se aprimorando e expandindo.

  • Redução dos custos: Negócios escaláveis possuem a vantagem de aumentar seu faturamento sem a necessidade de aumentar o custo de produção na mesma proporção. Quando ocorre um investimento em ferramentas tecnológicas as etapas de produção diminuem e os gastos reduzem na medida em que o lucro aumenta.

  • Aumento da produtividade: Ao diminuir as etapas de produção de um produto é possível aumentar sua produtividade, o que permite que uma empresa consiga produzir em larga escala, afinal, replicar algo é muito mais simples do que criar.

  • Especialização dos produtos: Além de aumentar sua produtividade, aumentar sua receita e diminuir suas despesas, a escalabilidade permite que os produtos sejam feitos da melhor forma possível, visto que um dos seus princípios é a especialização da produção, de modo que isso possa agregar valor a seu produto para que ele possua um diferencial em relação a concorrência.

Como tornar seu negócio escalável

Agora que você já entende o conceito de escalabilidade e a sua importância, vamos ensinar algumas maneiras de tornar seu negócio escalável para que, assim, você possa desfrutar de todas as vantagens deste modelo de negócios.

Existem diversas formas para tornar sua empresa escalável e algumas dicas são:

  • Adapte seu negócio para ter escala: antes de tornar seu negócio escalável é necessário que ocorra um planejamento para decidir quais estratégias serão tomadas para alcançar seus objetivos. É preciso analisar o modelo de negócio atual de sua empresa de maneira criteriosa para que possa encontrar formas viáveis de torná-la escalável.

  • Diminuir a dependência do ambiente físico: Para alguns negócios pode ser difícil seguir um modelo totalmente escalável. No entanto, nessas circunstâncias é aconselhável que ocorra a escalabilidade de apenas alguns processos da empresa, como diminuir a dependência do ambiente físico. Esse processo poderá ser feito a partir da vendas online de alguns produtos de sua empresa, pois, dessa forma, os custos de venda irão diminuir na mesma proporção em que seu faturamento irá aumentar, devido ao maior alcance de vendas que sua empresa terá.

  • Automatização de processos: Ampliar o uso de tecnologia é uma forma de tornar seu negócio mais escalável, afinal, essas ferramentas contribuem para que o processo de produção se torne mais ágil e, por consequência, aumente a produtividade. Ou seja, reduzindo os custos e aumentando seu faturamento. Sendo assim, percebe-se que é indispensável contar com a automatização de processos, uma vez que isso irá agregar valor ao serviço e aprimorar as atividades.

  • Sistema de Franqueamento: Através das franquias é possível alcançar um maior número clientes e, consequentemente, aumentar suas vendas sem ter que aumentar significativamente a infraestrutura da sua empresa, já que os gastos com montagem e manutenção ficarão por conta dos franqueados. Assim, quem adquire a franquia paga um valor ao criador da ideia e, em troca, ganha um treinamento especial e todas as informações necessárias para seguir o mesmo padrão de negócio.

  • Licenciamento de patentes: Outra opção é o licenciamento de patentes, pois através dos direitos de uso de seu produto é possível aumentar o faturamento de seu negócio ao mesmo tempo em que os custos para isso não irão aumentar de forma diretamente proporcional.

Além desses métodos, existem diversas outras maneiras de escalar seu negócio, por isso é importante que você pesquise soluções que irão se encaixar da melhor forma possível com seu estilo de negócio.

Conclusão

A escalabilidade é um processo muito relevante para que um negócio possa crescer no mercado, aumentar seu faturamento e atrair novos investidores. Além disso, esse método é uma saída para aqueles que procuram refinar seu processo de produção agregando valor aos seus produtos e serviços, pois através dele é possível diminuir algumas etapas da criação de bens e serviços, aumentando sua produtividade e, consequentemente, o seu faturamento.

Assim, é aconselhável que as empresas sigam as novas tendências de mercado para que consigam sobreviver e se destacar entre a concorrência.

______________________


Texto escrito por Bruno Silva.


34 visualizações