Buscar

Entenda como a Contabilidade Financeira pode alavancar sua empresa



Introdução

A contabilidade é um veículo de informação para a tomada de decisões que envolve todos os eventos econômicos que são realizados pela organização em um determinado período de tempo. A informação contábil gerada, até o início do século XVI era voltada para os proprietários que normalmente faziam papel de gestor e, nesse sentido, as informações eram sigilosas, não tinham um padrão e também não havia uma exatidão.

Esse tipo de contabilidade é denominada atualmente como contabilidade gerencial, pois é destinadas ao público interno.

Considerando a evolução dos negócios e o surgimento das empresas de capital conjunto surge a necessidade de apresentar as informações relevantes da empresa para os usuários externos à organização, como possíveis investidores e acionistas, de uma forma mais leal e fidedigna. É nesse contexto que se insere a contabilidade financeira, como ferramenta estratégica para demonstrar a situação financeira das empresas.

A contabilidade financeira é exigida no Brasil, realizada por contadores, segue um padrão e é executada com base em normas contábeis e procedimentos. Conheça, neste post, o que é e a importância dessa ferramenta para a gestão das empresas.

O que é contabilidade financeira?

A contabilidade financeira é uma ferramenta administrativa e estratégica para a empresa, gerando informações relevantes para os proprietários, acionistas, gestores e investidores. Além disso, a contabilidade financeira sintetiza todas as informações financeiras e apresenta em relatórios a situação econômico-financeira da empresa.

A contabilidade financeira é totalmente voltada para a elaboração das demonstrações contábeis, que são os relatórios que evidenciam a situação da empresa. Ao fim de cada exercício social, as demonstrações contábeis são elaboradas com o objetivo de fornecer informações aos usuários externos. Elas apresentam de forma estruturada a situação patrimonial e financeira, o resultado econômico e o fluxo de caixa da empresa.

Abaixo estão listadas as principais demonstrações financeiras:

  1. Balanço Patrimonial: O Balanço Patrimonial (BP) apresenta uma descrição organizada dos bens e direitos, das obrigações assumidas e do Patrimônio Líquido de uma entidade em uma determinada data.

  2. Demonstração do Resultado do Exercício: A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) é um relatório que mostra o confronto entre as receitas e despesas em um determinado período para se chegar ao lucro ou prejuízo da empresa.

  3. Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido: A Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido evidencia uma parte do Balanço Patrimonial, detalha o patrimônio líquido e mostra a movimentação dos recursos próprios entre dois momentos, demonstrando a variação de cada conta que o compõem.

  4. Demonstração dos Fluxos de Caixa: A Demonstração dos Fluxos de Caixa (DFC) apresenta as entrada e saídas de caixa ocorridas durante um período, separadas por tipo de atividades: operacionais, de investimento e de financiamento.

  5. Demonstração do Valor Adicionado: A Demonstração do Valor Adicionado (DVA) mostra o valor acrescentado à organização e sua distribuição entre governo, colaboradores, terceiros e acionistas.

Existem outras demonstrações contábeis, mas que não são essenciais e obrigatórias para a contabilidade financeira do seu negócio. Ou seja, para realizar a contabilidade financeira são necessários os dados oferecidos por esses relatórios. O resultado dessas demonstrações permite a empresa cumprir suas obrigações legais, fiscais e sociais.

A importância da contabilidade financeira para as empresas

O Pronunciamento Conceitual Básico (CPC 00, 2019) menciona alguns tipos de decisões econômicas que as demonstrações contábeis podem subsidiar aos mais diversos usuários, a saber:

(a) comprar, vender ou manter instrumento de patrimônio e de dívida;

(b) conceder ou liquidar empréstimos ou outras formas de crédito; ou

(c) exercer direitos de votar ou de outro modo influenciar os atos da administração que afetam o uso dos recursos econômicos da entidade.

O CPC relata também que “O objetivo do relatório financeiro para fins gerais é fornecer informações financeiras sobre a entidade que reporta que sejam úteis para investidores, credores por empréstimos e outros credores, existentes e potenciais, na tomada de decisões referente à oferta de recursos à entidade."

Em outras palavras, a principal função da Contabilidade Financeira é sintetizar os dados financeiros da empresa para apresentar aos usuários de uma forma mais clara e fidedigna. As demonstrações financeiras precisam ser tratadas como um “produto” da sua empresa, pois será avaliada por possíveis investidores, parceiros, financiadores, fornecedores e autoridades fiscais que irão possibilitar ao seu negócio oportunidades de crescimento, mas, para isso, precisam confiar na sua empresa.

Diante disso, é essencial tratar como um produto e demonstrar a situação financeira atual da empresa da melhor maneira e, assim, sempre buscar a evolução financeira da organização.

Áreas que mais utilizam a contabilidade financeira


Investimento: Caso a empresa esteja em busca de investimento para crescer e se fortalecer no mercado, as demonstrações contábeis são as ferramentas que serão utilizadas para convencê-los a investir no negócio. Começando da elaboração das Demonstrações Contábeis, a empresa revela ao investidor se a empresa possui uma contabilidade preparada e adequada, além disso passa confiança, dado que as demonstrações possuem regulamentação específica e retratam a realidade da empresa. Para que seja realizado o investimento, o investidor precisa ter uma segurança quanto a lucratividade e retorno do capital investido, portanto, a demonstração de resultado em conjunto com os outros relatórios estimula a tomada de decisão, mostrando se o negócio é ou não lucrativo.

Financiamento: Em caso de busca por financiamento ou empréstimo, as instituições financeiras avaliam todos os dados apresentados pelo Balanço Patrimonial e Demonstração do Resultado do Exercício para analisar o crédito a ser aprovado e a capacidade de pagamento das suas obrigações. Em vista disso, a obtenção de crédito será mais acessível com a representação financeira da empresa pela contabilidade externa, expondo como os recursos estão sendo adquiridos e aplicados.

Fornecedores: No caso dos fornecedores, funciona basicamente como acontece com as instituições financeiras. Os fornecedores negociam com seus clientes com base na capacidade de liquidação das suas dívidas, representadas em suas demonstrações.


Nesses casos, podem ser pedidos extratos bancários ou também relatórios de faturamento e pagamento de meses anteriores, tudo isso para comprovação da capacidade de pagamento e para que o fornecedor tenha segurança em oferecer seus produtos em uma certa quantidade ou prazo maior de pagamento. Assim, é importante ter uma contabilidade preparada para possuir todos esses recursos em mãos para negociação.

Autoridades fiscais: Em relação a área fiscal, as entregas das obrigações acessórias além de importantes são obrigatórias. A entrega dentro do prazo garante que a empresa esteja em dia com a Receita Federal, o que evita a cobrança de sanções e multas.

Quanto aos problemas com o fisco em relação aos impostos e possíveis problemas jurídicos, o detalhamento dos pagamentos presentes na contabilidade são comprovantes para que sejam comprovadas as dúvidas. Ainda em relação ao pagamento de impostos, com o uso das demonstrações é possível realizar um estudo no qual é determinado a escolha do regime tributário mais adequado.

Conclusão

A contabilidade financeira é uma ferramenta estratégica essencial para os negócios, uma vez que revela aos usuários externos a situação atual do negócio de forma segura e confiável.

Se você pretende evitar problemas com a fiscalização tributária e continuar a alavancar seu negócio com a atração de investidores e parceiros, por exemplo, a contabilidade financeira é imprescindível para o seu empreendimento!

Leia também: A importância da contabilidade gerencial nas empresas

_______________________

Texto escrito por Stéfanny Morais.


39 visualizações