Buscar

Saiba mais sobre o controle financeiro empresarial!



Introdução


O controle financeiro se tornou uma forte estratégia das empresas! Por isso, é muito importante entender seus objetivos, benefícios e etapas, que devem ser seguidas para implementar o método corretamente.


Um dos maiores desafios e o medo de qualquer empresa é descobrir que ficará sem dinheiro no final do mês, ou pior, saber que isso ocorreu antes do final do mês. A boa notícia é que isso pode ser resolvido, por meio de controle financeiro empresarial.


Neste texto, você receberá informações valiosas para a implementação de um controle financeiro bem estruturado! Confira!

O que é controle financeiro empresarial?


A gestão financeira empresarial se trata de uma série de ações administrativas que envolvem todas as questões direcionadas aos fundos da empresa, além de ações relacionadas ao planejamento, controle e análise das atividades financeiras empresariais.


Um bom controle financeiro pode otimizar a utilização de recursos e melhorar as competências da empresa.


Além disso, para pequenas e grandes empresas o objetivo principal é entender a situação financeira empresarial, de modo que possibilite ter dinheiro disponível para pagar todos os fornecedores e dívidas.

A importância do controle financeiro empresarial!


O principal objetivo do controle financeiro é aumentar o patrimônio empresarial, gerando lucro de suas atividades principais. Nesse sentido, uma boa gestão financeira permite aos gestores visualizar a realidade da empresa e formular estratégias para melhorar o uso de recursos para proporcionar os melhores resultados.


O controle financeiro da empresa deve ter uma meta clara, ou seja, não se tratar apenas de monitorar o processo da situação, mas também de ajustar a maneira atingir os objetivos traçados.


Se você está no comando de uma empresa e deseja fazer com que a sua empresa cresça, a melhor maneira é utilizar o controle financeiro empresarial como o seu principal aliado.


Como fazer um controle financeiro de qualidade?


Para você já conseguir colocar a mão na massa, confira os passos abaixo:

1) Organize o fluxo de caixa


O fluxo de caixa é um tipo de demonstração financeira que contém informações sobre as entrada e saídas de caixa. Se trata de um demonstrativo muito importante para o controle financeiro! A DFC possibilita, ainda, previsões futuras a médio e longo prazo.

2) Defina onde você está e onde você quer chegar


O planejamento é essencial para um bom funcionamento de seu controle financeiro. Ter um bom planejamento tornará mais fácil para você administrar o seu negócio, além de determinar metas, objetivos, prazos e ações.


Com um bom plano, você pode entender sua lucratividade e focar esforços para alcançar as ações planejadas e os objetivos futuros.

3) Crie um orçamento


Para fazer a empresa funcionar, é preciso investir recursos. Esses recursos são utilizados para viabilizar as operações do dia a dia, além de possibilitar investimentos, como a compra de equipamentos e a ampliação do empreendimento.


Assim, para não perder o controle do capital injetado pela empresa, é importante criar um orçamento!

4) Elabore um plano de ação


Ter informações detalhadas sobre os resultados ajuda a alocar estrategicamente os recursos nos departamentos, produtos e serviços que geram maiores benefícios financeiros.

Conclusão


Para fazer um controle financeiro, é importante ter um planejamento financeiro. No entanto, fazer esse controle não é uma tarefa fácil e, por isso, a Ábaco está aqui para te ajudar!


Independentemente do tamanho da sua empresa, o controle deve ser realizado com frequência, afinal, essa é uma forma muito prática de observar a situação financeira de uma empresa, evitar futuros problemas ou, até mesmo, evitar a falência.


E aí, o que você achou do tema de hoje? Quer mais informações? Entre em contato conosco!

__________

Texto escrito por Andreina Magalhães

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo