top of page
Buscar
  • Foto do escritorÁbaco

O futuro da automação e robótica na indústria financeira




A indústria financeira é uma das mais afetadas pela revolução tecnológica que estamos vivenciando. A automação e a robótica são ferramentas extremamente benéficas tanto para as entidades quanto para os clientes, mas também apresentam desafios e riscos. A automação consiste na utilização de softwares para realizar tarefas que antes eram feitas pela força de trabalho humana, como processamento de dados, análise de crédito, emissão de relatórios, entre outras. A robótica, por sua vez, envolve o uso de dispositivos físicos projetados para interagirem com o ambiente e executar ações, como caixas eletrônicos, terminais de autoatendimento, robôs de investimento, etc.

Falando sobre os benefícios da automação, podemos citar, por exemplo o aumento da eficiência e produtividade, uma vez que os sistemas automatizados podem operar de forma contínua, rápida e precisa, reduzindo erros, custos e tempo de execução. Outro ponto em prol da tecnologia é a melhoria da qualidade e consistência, haja vista que sistemas automatizados seguem linhas de códigos, as quais garantem a padronização de cada operação, tendo estabelecidos os requisitos de qualidade e conformidade.

É possível destacar ainda a questão da flexibilidade e inovação, afinal sistemas automatizados são criados principalmente para a realização de atividades rotineiras, ou auxiliando os empregados em trabalhos complexos, a depender da necessidade. Nesse ponto de vista, a empresa pode empregar a automação em várias atividades, garantindo assim a flexibilidade do sistema, e liberando a força de trabalho humano para buscar inovações para a entidade, como softwares ainda mais sofisticados.

No entanto, a automação e a robótica na indústria financeira também trazem alguns desafios e riscos. Cabe-nos citar, por exemplo o impacto direto na força de trabalho, uma vez que a automação pode desempenhar inúmeras ações características da mão de obra humana, aumentando assim o desemprego e desigualdade em diversas áreas de trabalho.

Falando sobre as questões éticas e da segurança de dados pessoais, é importante ressaltar que a automação depende dos sistemas de informação, os quais podem sofrer com ataques cibernéticos, que comprometem a integridade e confidencialidade dos dados. Além disso, cabe citar que a inteligência artificial tem um período de aprendizado, onde diversas decisões podem ser tomadas “tendendo ao erro”, afetando assim ativos e patrimônios de clientes.

Diante desse cenário, podemos concluir que a automação e a robótica na indústria financeira são uma realidade que trazem oportunidades e desafios para as instituições financeiras, os clientes e a sociedade. Portanto, é preciso estar preparado para aproveitar os benefícios e minimizar os riscos dessa transformação tecnológica.


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page