Buscar

Análise de concorrentes: como superar a concorrência?



Introdução

.

Realizar um plano de negócios exige estar preparado para as mais diversas circunstâncias competitivas do mercado atual. Para a empresa lidar com essa realidade do cenário de mercado e ao mesmo tempo se fortalecer e se destacar, uma das estratégias utilizadas no planejamento é a análise de concorrência.

.

87% dos empresários dizem que nos últimos três anos seu mercado foi marcado por maior competitividade. De acordo com estudo divulgado pela Boa Vista, através de novas empresas registradas na Receita Federal, constatou-se que houve um crescimento empresarial de 11,5% no Brasil no terceiro trimestre de 2019, em comparação ao trimestre anterior. Ademais, foram registradas 270.221 aberturas em fevereiro de 2020 com base no indicador de Nascimento de Empresas da Serasa Experia, alertando um considerável crescimento no ramo empresarial brasileiro.

.

Assim, em um mercado que possui cada vez mais concorrentes, alcançar um espaço nesse meio torna-se um desafio, principalmente em momentos de instabilidade econômica como no atual contexto de pandemia. Sabendo da devida importância desta investigação e como essa abre portas a novas oportunidades, neste post abordaremos qual o caminho mais eficaz para realizar essa análise.

.

O que é análise de concorrentes?

.

A análise de concorrentes não se trata apenas de estar a par do que as outras empresas do seu segmento estão fazendo. Ela é um documento que registra as características, estratégias e os traços mais relevantes de seus concorrentes para o seu mercado, tendo assim tem o poder de impulsionar seus negócios, logo, qualquer erro pode acarretar na qualidade dos seus resultados. Vale ressaltar também que a análise de concorrentes proporciona uma estratégia de marketing digital muito relevante.

.

Qual é a importância ?

..

Por meio do diagnóstico da análise de concorrentes é possível redefinir os rumos, através de melhorias e atitudes que contribuam para o crescimento e fortalecimento do negócio. Além disso, saber quem é o concorrente vendendo um serviço ou produto similar da empresa em estudo, auxilia em importantes tomadas de decisão no próprio negócio.

.

Consequentemente, a partir de uma boa pesquisa de mercado, a empresa se torna mais eficiente, econômica e lucrativa, diminuindo as chances de estagnação. Esse processo de inteligência de mercado permite melhorias no modelo de negócio, uma vez que expande a visão quanto às oportunidades e evita falhas no planejamento, na qual proporciona guiar a empresa a ir por caminhos mais favoráveis e vantajosos.

.

Quem são meus concorrentes?

.

Existem dois tipos de concorrentes:

.

  • Concorrentes diretos: aqueles que ofertam produtos/serviços muito semelhantes aos da sua empresa e por isso alcançam o mesmo perfil de consumidores. Exemplo: lanchonetes e fast food. .

  • Concorrentes indiretos: aqueles que ofertam produtos/serviços diferentes dos seus, mas que podem, de alguma forma, substituir os ofertados pela sua empresa. Exemplo: Lanchonetes e restaurantes tradicionais.

.

Dessa forma é possível concluir que ambos os concorrentes representam ameaças ao seu negócio se não forem levados em consideração, ou seja, se não receberem a devida atenção.

.

Como acompanhá-los?

.

Existem algumas formas de acompanhar os movimentos dos concorrentes, por exemplo:

.

- Monitoramento constante

.

O monitoramento é algo que deve ser constante e com o tempo deve tornar-se natural, especialmente quando se trata de produtos semelhantes, pois a necessidade de diferenciais diante dessa competição é muito mais intensa.

Agora, quando a situação envolve produtos vendidos por E-commerce ou Marketplace a situação fica um pouco mais tranquila, porque é possível automatizar esse monitoramento por meio de ferramentas inteligentes de precificação.

.

- Conexão com o público

.

Uma boa relação da empresa com os clientes é fundamental e, para isso, os clientes devem ser ouvidos, respondidos e reconhecidos. Atualmente existem vários meios para fazer isso e um método muito popular e reconhecido é por meio de pesquisas de satisfação.

O comportamento dos consumidores é o que dita a postura que a empresa deve tomar, visto que a alta rotatividade de clientes não é boa para a para os negócios e pode acabar ajudando seus concorrentes. Dessa forma, para obter resultados mais significativos, a fidelização é indispensável.

.

- Desenvolvimento de estratégias

.

É natural que com um monitoramento bem feito, lacunas comecem a aparecer e nesse momento se destaca quem consegue encontrar a solução para esses problemas.

O mercado é um ambiente muito propício e amplo para novas ideias, essa é a oportunidade de conquistar novos clientes e empreender, fazer a diferença para chamar atenção e fazer com que a sua marca fique o mais conhecida possível e até mesmo vire referência no ramo em que atua.

.

Como elaborar uma análise de concorrentes?

.

É certo que conhecer seus concorrentes é de extrema importância. Assim, para realizar uma Análise de Concorrentes efetiva, a fim de adquirir conhecimentos que auxiliam nos negócios, algumas ações são necessárias.

.

  1. Colete informações sobre seu concorrente Identificar as principais características de seus concorrentes, como seus produtos e serviços, política de preços e descontos, número de funcionários, dados sobre a gestão da empresa, últimos faturamentos, diferenciais de mercado, entre outras informações. .

  2. Identifique os canais de comunicação utilizados por seus concorrentes É importante mapear como seus concorrentes se posicionam diante do mercado, quais são seus principais canais de comunicação com os clientes e qual é a imagem que passam, por meio da análise de seus sites e redes sociais. Além disso, é uma boa dica observar a reputação de seus clientes em sites como o Reclame Aqui, em que os consumidores publicam seus elogios e reclamações, o que fornece uma boa visão sobre como os consumidores enxergam a empresa. .

  3. Análise dos pontos fortes e fracos (Análise SWOT) Elencar os pontos fortes e fracos dos concorrentes é indispensável e existem algumas formas de fazer isto, sendo uma delas a Análise SWOT. Esta consiste numa matriz na qual são identificadas as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de um negócio, no nosso caso, dos concorrentes. . As forças e fraquezas se tratam de aspectos internos da empresa. Considerando vantagens competitivas dos seus concorrentes, que no caso são pontos mais difíceis de competir, e os pontos fracos, que são importantes de serem identificados para que se possa obter vantagens sobre eles. . As oportunidades e ameaças se tratam de aspectos externos do mercado. As oportunidades são os gaps do mercado, ou seja, um potencial de mercado que, por alguma razão, ainda não é aproveitado por seu concorrente. Já quanto às ameaças, são fatores externos que podem gerar complicações para os negócios, como altas no câmbio. . Além disso, a análise também nos permite identificar as necessidades dos clientes que não vêm sendo atendidas pelos concorrentes. Tudo isso contribui para que a empresa saiba se colocar corretamente no mercado, perante seus potenciais clientes. .

  4. Mapear os fornecedores que atendem seus concorrentes Por meio deste mapeamento, é possível identificar se há diversas alternativas de fornecedores no mercado ou se ele é mais restrito, entender de que maneira os produtos são fornecidos aos concorrentes e quais são os preços e a política de negociação e descontos. Isso auxilia que a empresa ganhe força na hora de negociar com fornecedores, permitindo uma noção de como eles trabalham.

.

Ferramentas gratuitas

.

Há algumas ferramentas gratuitas que podem auxiliar na obtenção de informações. Apresentaremos algumas opções a seguir: .

  • Google Alerts: Se trata de uma ferramenta do Google que te permite a criação de alertas personalizados. Por meio dela, você pode monitorar informações relevantes publicadas na internet sobre seus concorrentes. .

  • Reclame aqui: Como já foi citado em um dos tópicos anteriores, essa ferramenta é uma ótima opção para entender qual é a imagem de seus concorrentes perante aos consumidores, visto que o site é desenvolvido para que os consumidores avaliem empresas, deixando seus elogios e reclamações registrados. .

  • Ubersuggest: Essa ferramenta permite identificar de onde vem o tráfego orgânico do site de seus concorrentes. Ela ainda permite identificar informações, como número de palavras-chave orgânicas que ele posiciona, estimativa de tráfego mental total das palavras-chave, número de backlinks recebidos, tráfego por mês, dentre outras informações importantes e que podem servir como dados comparativos para sua empresa e seus resultados. .

  • Opinion Box: A ferramenta do blog Opinion Box te permite criar um questionário completo de pesquisa de mercado, além de poder escolher o perfil dos consumidores que poderão responder a pesquisa. Desse modo, permite ouvir a opinião do seu público-alvo em relação à seus concorrentes, por meio das respostas que eles darão no questionário.

.

Conclusão .

A análise de concorrentes é de extrema importância para que uma empresa se coloque corretamente no mercado, possa preencher as possíveis lacunas de mercado e possa pensar em suas vantagens competitivas perante seus concorrentes. Desse modo, uma boa análise pode permitir que uma empresa tome decisões que realmente tragam resultados e clientes para a companhia. . Assim, se você deseja se destacar no mercado, é indispensável contar com a análise de concorrentes e estar sempre aberto para sair da zona de conforto e abraçar novas oportunidades.

. . ______________

. Texto escrito por Ana Ghesti, Bruna Wolff e Luciana Antunes

37 visualizações